É o terceiro aumento consecutivo do índice medido pela CNI

A percepção sobre o momento atual também melhorou

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) de julho, calculado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), está em 62 pontos, um aumento de 0,3 ponto em julho deste ano, em comparação com junho.

É o terceiro aumento consecutivo, o que mostra uma confiança maior e mais disseminada entre os industriais. O ICEI varia entre 0 e 100, tendo em 50 pontos uma linha de corte que separa a confiança da falta de confiança. Foram entrevistadas 1.316 empresas, entre elas, 498 de pequeno porte, 500 de médio porte e 318 de grande porte, de 1º a 7 de julho de 2021.

Nos últimos três meses, o ICEI acumula alta de 8,3 pontos, se distanciou da média histórica de 53,9 pontos e se encontra no maior patamar dos últimos 11 anos para o mês de julho. O índice é composto por dois indicadores: condições atuais e expectativas.

De acordo com o gerente de análise econômica da CNI, Marcelo Azevedo, o índice de expectativas em relação à economia e a própria empresa nos próximos seis meses vem se mantido elevado. Além disso, a percepção sobre o momento atual também melhorou. “Mês a mês, estamos percebendo que a elevada confiança se consolida entre os empresários”, avalia Azevedo.