Ministros ainda vão decidir alcance da decisão