Rapaz de 18 anos foi detido nesta quarta-feira (24), no Sol Nascente; ele estava foragido. Crime ocorreu em janeiro.

A Polícia Civil prendeu um rapaz de 18 anos suspeito de cometer um homicídio no Riacho Fundo II, no Distrito Federal. O investigado foi encontrado nesta quarta-feira (24), mais de um mês após a morte de Sydney Alvez Zambrota, de 44 anos. Ele foi morto no meio da rua, a facadas.

O caso ocorreu em 18 de janeiro, por volta das 10h30. Imagens de câmeras de vigilância da região mostram que suspeito e a vítima discutiram na rua . Sydney caminhava, quando o suspeito desceu da bicicleta, tirou a faca da cintura e o atacou.

A vítima foi atingida na altura do abdômen e não resistiu ao ferimento. Em seguida, o suspeito deixou o local do crime e permaneceu foragido desde então.

A Polícia Civil encontrou o investigado em uma casa do Sol Nascente, onde ele estava escondido. Aos policiais, ele contou que agiu em legítima defesa.

Suspeito mata homem de 44 anos a facadas no Riacho Fundo 2, no DF — Foto: Reprodução

Suspeito mata homem de 44 anos a facadas no Riacho Fundo 2, no DF — Foto: Reprodução

O jovem foi encaminhado ao sistema penitenciário e responderá por homicídio qualificado. Se condenado, poderá receber pena de reclusão de até 30 anos.

Homicídios no DF

 

Em janeiro deste ano, a quantidade de homicídios cresceu 34% no Distrito Federal, segundo levantamento da Secretaria de Segurança Pública (SSP). No primeiro mês de 2021, foram 39 crimes dessa natureza, enquanto em 2020, foram 29 registros.

Apesar do aumento, entre 2020 e 2019 ocorreu redução de 10% nas ocorrências de homicídios. No ano passado, foram 373 vítimas, enquanto no ano anterior, houve 418 assassinatos na capital.