O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) anunciou nesta quinta, 10, que encerrou a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados. Ibaneis justificou a decisão citando a vacinação avançada na unidade federativa e a queda recente no número de casos de Covid-19, além de informar que serão abertos mais leitos adultos e pediátricos para o combate à doença. “É importante ressaltar que quem quiser continuar usando a máscara pode continuar. Não é obrigatória retirada da máscara, mas, sim, deixa de ser obrigatória a utilização. Chegou a hora de tentarmos voltar a ter uma vida normal. Continuem se prevenindo e não deixem de se vacinar!”, pediu o governador.

De acordo com a secretaria de saúde do Distrito Federal, 80,28% da população local já recebeu as duas doses de vacinas contra a Covid-19 e 34,2% receberam a terceira. Segundo informações do Conselho Nacional de Secretarias da Saúde (Conass), o Distrito Federal registrou em média 608 novos casos e sete mortes por Covid-19 na última semana. Além de Brasília, outras três capitais já encerraram a obrigatoriedade das máscaras em locais fechados: Rio de Janeiro, Natal e Rio Branco. Outras, como São Paulo, Florianópolis, São Luís e Belo Horizonte permitiram que não se use a peça em espaços abertos.