Durante o período de alta da pandemia, o poder público precisou contar com a colaboração social de diferentes empresas. Manoel Conde Neto, empresário e fundador da Farma Conde, acredita que essa parceria com as empresas foi fundamental para assegurar um combate eficaz ao coronavírus. Isso porque, em meio à crise sanitária, a colaboração coletiva pelo bem social era prioridade.

E esse sempre foi um dos princípios da Rede Farma Conde. Na perspectiva do empresário Manoel Conde Neto, a empresa, por ser da área da saúde, sempre teve responsabilidade social de promover ações em conjunto com a comunidade. Por isso, durante a pandemia, a rede se mostrou mais ativa do que nunca, realizando diferentes ações por muitas regiões do Estado de São Paulo.

Dentre os variados projetos encabeçados e apoiados pela Rede Farma Conde, um de grande sucesso foi a pulverização das vias públicas. A iniciativa foi implementada inicialmente em São José dos Campos e, devido a repercussão positiva, diversas prefeituras passaram a solicitar o serviço de pulverização.  

Assim, a pulverização da Farma Conde passou por cerca de vinte cidades do RMVale, Litoral Norte, favelas e comunidades de São Paulo e região de Bragantina. Do mesmo modo, as cidades do Litoral Sul: Santos, São Vicente, Guarujá, Praia Grande,  Bertioga, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe foram contempladas com o serviço de combate ao coronavírus.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, a Farma Conde investiu 2 milhões em matéria-prima, aquisição de equipamentos e contratação para realizar a desinfecção de vias públicas em diferentes municípios. Na concepção do empresário Manoel Conde Neto, para realizar uma pulverização eficaz, foi preciso adquirir 10 tratores, 12 pulverizadores de grande porte e 60 costais. 

A matéria-prima utilizada nos equipamentos é o hipoclorito de sódio, produto utilizado como desinfectante e que não oferece perigo à saúde humana e animal.  Com essa infraestrutura, a rede conseguiu pulverizar quatro cidades simultaneamente. Além do mais, o empresário Manoel Conde Neto assegurou diferentes doações de máscaras, álcool em gel, complexos vitamínicos e cestas básicas por vários municípios do Estado de São Paulo.

O empresário Manoel Conde Neto pensa que, em momentos como esse que foi vivido pelo mundo e ainda deixa resquícios, é preciso que diferentes esferas da sociedade se mobilizem e colaborem com o combate à crise sanitária para promover, na medida do possível, o bem-estar coletivo.