Silvio Luis Leardini é um grande entusiasta das mídias sociais, além de um grande cervejeiro. Entre os veículos midiáticos atuais, o que ele mais usa é o podcast, um novo meio de comunicação que tem se tornado cada vez mais popular entre as pessoas, por ter a facilidade de ser ouvido a qualquer hora e em qualquer lugar. Mas como ele surgiu?

Na década de 80, antes da explosão da internet, nos Estados Unidos existia um serviço chamado RCS (Radio Computing Services), que basicamente fornecia um software de música e conversação para as rádios. Porém, esse formato não permitia que qualquer pessoa criasse seu conteúdo e, além disso, era preciso instalar um arquivo no computador e para conseguir ouvir era necessário ter um kit multimídia.

Silvio Luis Leardini conta que com o passar dos anos os programas de rádio eram o que conhecemos hoje como podcast. Porém, com o advento da internet no dia a dia das pessoas, o rádio foi praticamente deixado de lado, especialmente pelo Youtube e por aplicativos de música, como o Deezer, que não tinham interferência ou o discurso do radialista. Então, em 2004 o conceito de podcast atribuído ao ex-VJ da MTV Adam Curry, surgiu juntando o melhor dos dois mundos, se adaptando ao comportamento atual.

Hoje em dia há mais de 2 mil programas ativos de podcast no país, resultando 40% da população que usa internet no Brasil. O podcast permite com que vários conteúdos sejam criados e depositados em diversas plataformas, como o Spotify, transmitindo notícias, curiosidades, ensinando línguas ou simplesmente lembrando aos antigos programas de rádio, a conversação entre alguns participantes. Cada programa escolhe o quanto irão produzir para esse tipo de mídia, então, por exemplo, é possível que um lance 3 episódios por semana, enquanto outros soltem somente um por mês.

Silvio Luis Leardini lista as vantagens desse formato:

  • É possível consumir o conteúdo off line;
  • Não necessita de nada além de um fone de ouvido, se estiver fora de casa;
  • Todos os programas são gratuitos;
  • Traz leveza e praticidade ao ouvinte.