As argilas são minerais que apresentam componentes como silício, alumínio, ferro e potássio. Deise Zuqui, grande apreciadora do setor de cosméticos, diz que esses componentes presentes em cada tipo de argila conferem propriedades terapêuticas e diversos usos. Por isso, se tornaram excelentes aliadas nos tratamentos estéticos e medicinais.

Dentre os efeitos da argila, a amarela funciona como um excelente rejuvenescedor, por ter efeitos purificantes, graças à presença do silício em sua composição. Além disso, possui ação cicatrizante e de remineralização, então é perfeita para o processo de cicatrização de espinhas, produção de colágeno e reparação textual da pele, as famosas rugas.

Deise Zuqui conta que silício auxilia também na reconstituição dos tecidos cutâneos e atua como adstringente, desintoxicante e purificante – essas propriedades ajudam a reduzir inflamações e proporcionam efeito calmante, ótimo para peles irritadas e acneicas. Sem contar que o ferro e o potássio ajudam a manter a hidratação da pele, nutrindo-a, tonificando-a e dando elasticidade.

A argila amarela pode ser utilizada para tratamento facial e corporal. Ela é encontrada na forma de pó, portanto, para aplicá-la, misture com água pura ou soro fisiológico. Já nos cabelos, ela limpa profundamente o couro e remove todos os resíduos, mas cuidado, se você tiver algum produto químico, como relaxamento ou progressiva, a aplicação da argila deve ser feita dois meses após o procedimento químico, pois ela poderá remover certas substâncias que estão contidas nesse processo.

Deise Zuqui também diz que a argila pode ser encontrada em forma de sabonete, que pode ser usada no corpo inteiro, pois ativa a circulação sanguínea e cria uma superfície que ajuda a manter a umidade da pele, mantendo-a hidratada. No entanto, a gente sabe que a vida está corrida demais e às vezes não dá tempo de fazer todo esse cuidado, por isso existem as máscaras. Basta aplicá-las e deixar agindo por 20 minutos, enxaguar e passar um hidratante de sua preferência.