Japaratinga fica localizado no litoral do Estado de Alagoas, vizinha a Maragogi, no coração da Costa dos Corais. Rafael Libman diz que o Estado é maravilhoso e muito conhecido, principalmente, pelas lindas praias, que vem ficando cada vez mais popular no destino dos turistas. Por ser a vizinha menos conhecida da famosa Maragogi, Japaratinga tem a vantagem de ser bem mais tranquila e barata, mas com as mesmas piscinas naturais verde esmeralda. Então, em tempos de pandemia, o paraíso tropical é um bom refúgio para relaxar e aproveitar muito da beleza natural das praias quase desertas, além de muito verde. Quem visita a cidade está afim mesmo de curtir o mar de Alagoas sem aglomeração. 

Para chegar até lá tem algumas opções: 

  • ir de avião até Recife, alugar um carro e dirigir por umas duas horas até o local;
  • voar até a capital Maceió e dirigir, também, até Japaratinga, que tem quase a mesma distância do trecho anterior; 
  • atravessar a balsa do rio Manguaba, que comporta até seis carros por viagem, mas que deve ser evitada em dias de muito movimento. O preço da balsa é de 15 reais e a espera pode levar mais de 1h. 

Diante da belíssima Rota Ecológica e as diversas paisagens da segunda maior barreira de corais do mundo, Rafael Libman recomenda as seguintes praias e passeios: 

  • Ruínas de São Bento: construída no século XVII, a igreja entrou em um processo de ruiva na década de 70, mas nunca deixou de ser bonito. O ponto turístico atrai visitantes pela combinação das belezas naturais, afinal está localizada à beira de um mar de águas cristalinas, e pelas memórias contidas. É um verdadeiro mergulho pela história. 
  • Praia de Bitingui: o mar é bem tranquilo, quase uma piscina natural. Rafael Libman comenta que é ideal para ir com crianças, pois é possível curtir em águas rasas e quentinhas. Outro ponto encantador é o rio Bitingui, que deságua na praia.
  • São Miguel dos Milagres: um dos destinos mais preservados do litoral de Alagoas, com lugares rústicos, pousadas pé na areia e vilas de pescadores, a praia também conta com a vista de bangalôs que ficam distribuídos pela área verde da rota ecológica. É uma boa pedida para quem está à procura de um lugar calmo e romântico, com piscinas naturais, passeios de jangada, caminhadas pelos arrecifes, mergulhos e até mesmo ensaios fotográficos.

Independente de se hospedar em um resort ou em pousadas, a cidade irá receber muito bem cada visitante. Para finalizar, Rafael Libman destaca a importância de ir preparado antes de chegar lá, pois alguns lugares de Japaratinga não aceitam cartão de crédito e não há muitos caixas eletrônicos ou agências bancárias, então é bom sempre estar com dinheiro em papel.