Nefrite intersticial consiste em uma inflamação nos rins, levando à sua insuficiência renal, afirma o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, médico urologista formado na Universidade Federal do Rio de Janeiro, conta à nossa redação o que é a nefrite intersticial e os riscos que a acometem.

 

A nefrite intersticial é uma patologia constituída por uma infecção nos túbulos renais e no tecido túbulo-intersticial, envolta nos tecidos ao redor dos rins, acometendo, dessa forma, o funcionamento do órgão.

 

Esse distúrbio pode ser ocasionado por diversos fatores, salienta o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, mestre e doutor em urologia. Pode ser causado através da ingestão de fármacos e elementos tóxicos, os quais acabam ferindo os rins.

 

A nefrite intersticial pode ser dividida em duas categorias: a aguda ou crônica, súbita ou gradual, respectivamente. Em se tratando da nefrite intersticial aguda, a causa mais constante é a frequente micção, bem como a presença de febres altas. Além disso, uma das causas mais importantes acerca da doença, é em relação à ingestão de medicamentos, pois certos tipos provocam reação alérgica.

 

Já nos casos de nefrite intersticial crônica, há uma evolução gradual e sistemática da doença, em seus sintomas há os mesmos sintomas de  uma insuficiência renal, sendo que, nos dois procedimentos da  nefrite, pode haver um descompasso e mudança na quantidade de urina expelida, afirma o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, mestre e doutor em urologia.