O filme “Pieces of a Woman” foi lançado recentemente, no final de 2020 e no Brasil, dia 7 de janeiro pela plataforma de streaming Netflix, afirma Rafael Libman, amante da sétima arte e apaixonado por tudo que a envolve. Dessa forma, o empresário indica o longa, cuja tradução literal é “pedaços de mulher”.

 

O título diz muito sobre o filme, diz Rafael Libman. Trata-se da experiência de dor imensurável da perda de um filho, em que a protagonista se encontra em um estado de luto, tendo que lidar com sua vida após esse acontecimento, bem como a vida de seu marido Sean, envolta de conflitos por conta do alcoolismo após o acontecido.

 

O mais impressionante é que o roteiro foi feito por Kata Weber, a qual vivenciou isto com seu marido, Kornél Mundruczó, diretor do filme, tornando o filme tão emocionante que é como se fosse uma espécie de relato pessoal, juntamente da dramaturgia, transpassando toda a dor de uma família, ressalta Rafael Libman.

 

A protagonista Martha, personagem interpretada por Vanessa Kirby, dá um show de atuação, bem como seu marido Sean (Shia Labeouf), a parteira (Molly Parker)  e a mãe de Martha (Ellen Burstyn) também desempenham papel importante na obra.

 

Fala-se, sobretudo, da primeira cena do filme, uma das mais impactantes, avulta Rafael Libman. Exibe-se, em plano-sequência, o momento do parto, em que é exposto as dores, os sentimentos, os olhares, e, infelizmente, a dor da perda. É uma cena forte e cheia de significado, porém as 2 horas de filme num todo detém o mesmo furor.