Os cálculos renais, popularmente conhecidos como pedras nos rins, podem causar muito incômodo senão tratados, afirma o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes. São formados por uma aglutinação de massa sólida constituída de minerais em formato semelhante à pedras, de diferentes tamanhos e espessura.

 

Há diversos fatores que culminam em pedras nos rins, pode ser de via genética, má alimentação juntamente com o excesso de carnes e sal, bem como a baixa ingestão de água e até o sedentarismo é levado em consideração. O fato é que qualquer um pode desenvolver esse quadro, por isso, prevenir é o melhor caminho.

 

O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, médico especialista em urologia, dá dicas acerca da alimentação para prevenção de cálculos renais. Nós somos o que comemos, a alimentação é responsável por grande parte da nossa saúde, tendo em vista a adição de proteínas e nutrientes.

 

Dessa forma, há alimentos capazes de melhorar ou de agravar quadros, pois possuem mais ou menos quantidade de sódio ou de gordura, por exemplo. No caso, não é indicado consumir alimentos com excesso de sódio e sugere a ingestão de água.

 

A principal dica é acerca da ingestão de água, comecemos por ela, afirma o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes. Ela é importante, pois, dessa forma, há uma maior diluição dos componentes que formam os cálculos renais, diminuindo, assim, as chances de se formarem.

 

Além disso, opte por alimentos ricos em potássio, recomenda-se frutas e vegetais. Ademais, se atente ao consumo de proteínas de origem animal, não é recomendável, contudo, o consumo de proteína vegetal está liberado, sem excessos, é claro.