A primeira suspeita de quem começa a entrar no maravilhoso mundo do vinho é: devo comprar um vinho com rolha ou tampa de rosca? Marco Antonio Carbonari diz que, normalmente, quando vamos ao mercado comprar vinho, encontramos a tampa em vez da cortiça. Mas isso significa que a qualidade do vinho é inferior? Um bom vinho deve ter rolha? Qual é a diferença real?

Recentemente, tornou-se popular o debate sobre qual sistema de vedação é o melhor. Produtores famosos estão tentando envelhecer vinhos com tampa de rosca e cientistas estão realizando testes. Portanto, algumas pessoas defendem ou desprezam esses dois métodos. Enquanto o tempo não provar que a eficiência das tampas de rosca é semelhante à das rolhas, haverá um longo debate.

No entanto, embora a maioria dos produtores goste de utilizar rolhas de cortiça nos seus rótulos principais, principalmente pela tradição, não se pode inferir que os vinhos com rolhas de rosca devam ser inferiores, pois cada uma tem sua vantagem. Marco Antonio Carbonari diz que, atualmente, para além das questões financeiras envolvidas, os produtores tendem também a escolher a tampa para vinhos de consumo rápido e a rolha para os de guarda. Ou seja, não tem nada a ver com a qualidade do vinho, mas sim com o estilo.

Por isso depende. Para os vinhos de guarda, as rolhas são muito importantes porque permitem a sua micro-oxidação e, quando é guardado por muitos anos, é essencial para despertar os taninos do vinho. Porém, as rolhas são mais caras, pois são feitas com casca da árvore de carvalho e, ao contrário das tampas de rosca, são renováveis ​​e biodegradáveis. A natureza agradece. Por sua vez, os vinhos mais jovens são frequentemente fechados com uma tampa de rosca porque fecham completamente, não deixando o ar entrar e permitindo com que o vinho consiga ser guardado em pé. Embora a cortiça esteja relacionada com o vinho de alta qualidade, não devemos julgar o vinho pela tampa da garrafa. Existem vinhos de alta qualidade do Novo Mundo que usam tampas de rosca, por exemplo.

Portanto, a escolha de rolhas ou tampas de rosca é apenas uma questão comercial ou de gosto do fabricante, a depender da finalidade. Marco Antonio Carbonari ressalta que o mais importante é que não importa como a garrafa esteja tampada, você tem que beber o vinho da melhor qualidade. Sem preconceitos!